palestra DA RIBEIRA DE TAVIRA À CASA NOBRE DE QUINHENTOS – O CASO DOS TELHADOS DE TESOURO - Passeios na História de Tavira

Local: 
Palácio da Galeria
Data, Hora: 
Sáb, 27/02/2016 - 10:30

Tavira, terceira cidade costeira do século XVI, tem no movimento do seu porto o motivo principal para a expansão urbana iniciada no século XV. A expansão marítima implica o avanço da linha de costa e os principais aglomerados convergem para arrabaldes ribeirinhos. Constitui-se, nesta altura, uma tipologia de habitação cumpridora dos desígnios da nobreza caracterizada pelos telhados múltiplos de tesouro.  Construções modulares, com estruturas paralelas e espaços perpendiculares ao rio, de coberturas com inclinação superior a 45º por compartimento, dão resposta ao espaço diminuído da anterior malha islâmica e aplicam à frente urbana uma coerência nobilitária denunciadora de normas urbanísticas modernas. 

Orientação: Ana Isabel Santos (arquiteta)

Ana Isabel Santos é Arquiteta, formada pela Universidade de Évora, tendo recentemente defendido a sua tese de mestrado intitulada “Tavira, Patrimónios do Mar - da Ribeira à Casa Nobre de Quinhentos - o caso dos "telhados de tesouro", sob orientação do Arquiteto Pedro Lagrifa Carvalhais de Oliveira e coorientação do Prof. Dr. João Vieira Caldas. 

Atividade integrada no programa de visitas ao património local - Passeios na História de Tavira -, organizado pelo Museu Municipal de Tavira, com a finalidade de dar a conhecer o passado da cidade, a paisagem urbana, os monumentos e personagens históricas, bem como sensibilizar para a necessidade de proteger e valorizar a herança patrimonial.

Sessão gratuita, limitada ao máximo de 50 participantes mediante inscrição obrigatória. A atividade destina-se ao público em geral. 

 

Binary Data