Pintura interrogada

Local: 
Palácio da Galeria
Data, Hora: 
Sáb, 09/07/2011 - 18:00 até Sáb, 10/09/2011 - 18:00

Luis Gordillo (Sevilha, 1934) é uma das referências maiores da arte espanhola e europeia da actualidade. Em 2007 foi-lhe atribuído o Prémio Velázquez, o mais importante de Espanha. Viveu na década de 50 em Paris, ligando-se ao informalismo, o seu “primeiro amor”, e acompanhou na década seguinte o movimento da Pop Art. Nos anos 80 evoluiu para uma linguagem abstracta de grande intensidade onde se poderá hoje encontrar uma busca da superação, partes da realidade, elementos imaginados, plenamente abstractos, simbólicos e narrativos,…

Vicente Todoli, Director da Tate Modern de Londres classifica a obra de Luis Gordillo como “fresca, inovadora e cheia de tensão…” e Borja-Villel director do afirma que “sem ele uma boa parte da nossa arte actual seria impensável” (El País). Em 2007 Gordillo comissariou a sua exposição antológica Iceberg Tropical: Antologica 1959-2007 no Museu Reina Sofia de Madrid.

Esta primeira exposição de Luis Gordillo em Portugal, para além do Palácio da Galeria, estará ainda patente nos próximos meses no Centro Cultural de Cascais/Fundação D. Luís I e no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais de Bragança.